Operadoras querem limitar o consumo de dados em internet fixa, e os usuários começaram a reagir

Aquele papo de que as operadoras vão começar a limitar a franquia de dados de planos de internet fixa já não é mais apenas um papo e se prepara para virar realidade. Obviamente, consumidores já estão extremamente insatisfeitos com isso.

Nossa internet, no geral, já não é lá grande coisa, e a relação entre os brasileiros e as operadoras também não é das melhores, segundo estudo da Anatel. Agora que operadoras começaram a limitar a franquia de dados de novos consumidores, a tendência é que tudo piore.

Já falamos sobre isso. Atualmente, não há limites (na prática) para o quanto você consome em um mês de internet. Você pode assistir a filmes na Netflix sem nenhuma preocupação, assim como passar o dia ouvindo música via streaming, ou então ostentar uma maravilhosa coleção de jogos digitais com títulos que superam os 40GB.

No entanto, Vivo, GVT, Oi e NET vão começar a limitar esse consumo – você terá uma quantia mensal para ser usada, e, ao atingir esse limite, sua conexão pode ser cortada ou a velocidade reduzida drasticamente.

De acordo com a Folha, um filme na Netflix consome cerca de 1 GB por hora de dados em SD e 3 GB por hora em HD. Os planos da Vivo oferecem entre 10GB e 130GB por mês de consumo – o plano com franquia menor rende até 10 horas de Netflix por mês.

Agora considere que uma pessoa não usa apenas Netflix durante um mês – atualmente, é bem comum que ouça música via streaming, que perca um tempo vendo vídeos no YouTube, e que compre e baixe versões digitais de jogos. É impossível que, com um uso desses, uma pessoa gaste menos do que 130GB de dados em um mês. E esse é o usuário de internet do futuro – não apenas quem acessa apenas email e Facebook (rede social que investe cada vez mais em vídeos).

Ainda assim, as operadoras devem colocar isso em prática a partir de dezembro, desconfia o Ministério Público do Distrito Federal. Os usuários já começaram a reagir.

Uma página no Facebook chamada Movimento Internet sem Limites tem mais de 180.000 curtidas e faz postagens de conscientização do público sobre o que pode acontecer caso de fato nossa internet seja limitada a partir do fim do ano.